Concurso da Polícia Civil tem 1,2 mil vagas com salários que podem chegar a R$ 6,3 mil

O tão aguardado concurso para Polícia Civilteve edital publicado nesta segunda-feira, no Diário Oficial do Estado. São 1,2 mil vagas – 600 para escrivães e 600 para inspetor de Polícia. As incrições podem ser realizadas a partir desta terça-feira até 19 de janeiro no site da Fundatec- responsável pela aplicação das provas.

O concurso prevê salário inicial no valor de R$ 5.641,20. Em 1º de maio de 2018, está previsto aumento para R$ 5.992,98 e, em 1º de novembro de 2018, a folha salarial pode chegar a R$ 6.366,80. Podem concorrer a uma das vagas candidatos com ensino superior completo, que tenham idade mínima de 18 anos, que possuam Carteira Nacional de Habilitação – categoria B -, e que estejam em dia com as obrigações Militares e Eleitorais.

O concurso públicos – com data prevista para 25 de fevereiro – será realizado em duas etapas. A primeira consiste nas provas de capacitação intelectual, capacitação física, sindicância da vida pregressa e atual, exames de saúde e avaliação da aptidão psicológica. Esta fase destina-se à admissão para matrícula no curso de formação profissional, concernente à segunda etapa do certame, a qual é ministrado pela Academia de Polícia (Acadepol).

A novidade nesta seleção é o exame toxicológico presente nos exames de saúde. Uma alteração que ocorreu em relação ao último edital foi na etapa dos exames físicos no que tange ao teste do dinamômetro, o qual foi substituído pelo exame de barra fixa. Para o sexo feminino trata-se de sustentação na barra fixa, por no mínimo 10 segundos, e para o sexo masculino devem ser feitas, no mínimo três flexões.

Segundo o Chefe de Polícia, delegado Emerson Wendt, a estimativa é de inscrição de pelo menos 25 mil candidatos. O concurso faz parte do pacote de segurança pública, lançado em julho pelo Piratini. Na época, o governo prometeu concursos para preencher 6,1 mil vagas na área: 4,1 mil para a Brigada Militar e 1,2 mil para a Polícia Civil. O Estado deve chamar ainda 100 delegados.

Os cargos

Escrivão de Polícia: tem a função de escriturar ou orientar a escrituração dos livros cartorários de delegacias; lavrar e expedir certidões; lavrar autos de prisão, de apreensão, de restituição, de depósito, de acareação e de reconhecimento; lavrar termos de declarações, de ocorrência, de fianças, de compromisso e de representação; recolher fianças, nos termos da legislação; exarar boletins estatísticos; atualizar arquivos e bancos de dados; cumprir e fazer cumprir as determinações das autoridades policiais; participar de diligências externas, cumprir mandados de busca, realizar prisões e intimações; portar arma de fogo de uso regulamentar, inclusive armas longas; conduzir veículos oficiais; executar tarefas administrativas.

Inspetor de Polícia: tem a função de realizar diligências, operações, vigilâncias e atos investigatórios; efetuar prisões, buscas e apreensões; cumprir mandados; colaborar na execução de atividades procedimentais e administrativas; cumprir e fazer cumprir as determinações das autoridades policiais; manter atualizados os bancos de dados de interesse da investigação policial; elaborar relatórios de investigação; portar arma de fogo de uso regulamentar, inclusive armas longas; conduzir veículos oficiais; executar tarefas administrativas.

Cronograma

19/12/2017 a 19/01/2018 – inscrições pela internet, através do site da Fundatec

19 a 21/12/2017 – período para Solicitação de Isenção da Taxa de Inscrição

22/01/2018 – último dia para efetuar o pagamento da guia de arrecadação

05/02/2018 – último dia para entrega do Laudo Médico dos candidatos inscritos nas cotas de pessoas com deficiência e de candidatos que solicitaram condições especiais para o dia de prova

16/02/2018 – resultado da homologação das inscrições e publicação do edital de data, hora e local das provas

03/04/2018 – lista de candidatos aprovados para a correção das redações

20/04/2018 – disponibilização das folhas de redação no site da Fundatec

08/05/2018 – lista de classificação da Prova de capacitação intelectual