Dívida do Fies pode ser renegociada

Participantes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderão renegociar suas dívidas a partir do dia 29 de abril até 29 de julho. Para renegociar a dívida, o estudante deve apresentar-se na agência bancária onde firmou o contrato do Fies, com um ou mais fiadores.

As regras de renegociação foram anunciadas ainda em 2018, e os novos prazos foram divulgados nesta semana. Entre as regras, podem ser renegociados contratos com atraso no pagamento de, ao menos, 90 dias, que ainda estiveram no período de amortização e não tenham sido alvo de ação judicial pelo agente financeiro. A medida vale somente para contratos de financiamentos concedidos até o 2º semestre de 2017.

Para os estudantes haverá duas opções, sendo o reparcelamento, que permite estender o prazo do pagamento em até 48 parcelas mensais, incluindo estudantes com contratos mais antigos da campanha de renegociação; e o reescalonamento, que possibilita diluir valores em atraso nas parcelas a vencer.

Para fazer a renegociação, o estudante deverá pagar uma parcela de entrada em espécie, que corresponde ao maior valor, entre 10% do valor consolidado da dívida vencida e R$ 1 mil.