Jogador que agrediu árbitro durante partida no RS é preso por tentativa de homicídio

O jogador William Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande, foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (5) por tentativa de homicídio após agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro durante partida contra o Guarani, em Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo.

O árbitro foi socorrido pela ambulância de plantão no Estádio Edmundo Feix e levado ao hospital, onde ainda segue na manhã desta terça. Ele está consciente.

William Ribeiro foi encaminhado à penitenciária. A Justiça deve analisar a prisão em flagrante.

Segundo o delegado Vinícius Assunção, o caso se trata de tentativa de homicídio uma vez que o jogador atacou o árbitro com violência desproporcional. “Ele desferiu um golpe muito forte, violento, na cabeça do árbitro fazendo com que ele desfalecesse e fosse encaminhado ao hospital”, diz.

Conforme o delegado observou, o árbitro “não tinha condição de defesa”. “Ele já tinha levado um golpe quando estava em pé e caiu sem chance de defesa. Poderíamos estar diante de uma morte e até uma lesão cerebral gravosa”, indica o delegado.

O fato ocorreu aos 14 minutos segundo tempo. Após não ser marcada uma falta, o jogador reclama com o árbitro, que assinala a infração dele.

Em seguida, William desfere dois chutes em Crivellaro, um deles já caído no gramado. Ele fica imóvel após sofrer a agressão, e jogadores das duas equipes chamam atendimento médico.

A partida foi suspensa. Em nota, a Federação Gaúcha de Futebol lamentou a agressão e desejou pronta recuperação a Crivellaro. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS) irá averiguar os fatos e tratar das respectivas sanções.

O São Paulo de Rio Grande se manifestou lamentando o ocorrido, e informou, em nota, que rescindiu o contrato com William.

*G1 RS

*Foto: Reprodução

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *