Bolsonaro libera R$ 11,2 milhões para combate a coronavírus

O governo federal publicou a Medida Provisória 921/2020, que abre crédito extraordinário de R$ 11,287 milhões em favor do Ministério da Defesa para aplicação nas ações de “enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus”.
O texto está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira. A edição da medida foi antecipada pelo jornal O Estado de S. Paulo, com fontes. O crédito extraordinário serve para abrir caminho para cobrir despesas imprevistas. Esse tipo de crédito fica fora da limitação do teto de gastos.
O dinheiro será usado pelo Ministério da Defesa, uma das pastas que coordenam a Operação Regresso, que resgatou brasileiros em Wuhan, cidade que é o polo central do contágio da doença. Duas aeronaves da frota presidencial da Força Aérea Brasileira foram usadas na operação. As pessoas resgatadas e a equipe da operação chegaram ontem a Anápolis (GO), onde vão ficar em quarentena.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *